Notícias

Para Guilherme Toldo, saldo de 2017 foi positivo


No âmbito das competições, 2017 se encerrou para Guilherme Toldo no Grand Prix de Turim, disputado no início de dezembro. Ao longo destes doze meses, o atleta viajou por América, África, Europa e Ásia para competir, sempre buscando melhores resultados, que ajudem a consolidar a vaga em sua terceira Olimpíada.

Guilherme disputou todas as principais competições do calendário da Federação Internacional de Esgrima: Campeonato Mundial, Copa do Mundo e Grand Prix. Chegou inclusive a ser o único brasileiro competindo. E já começou 2017 com um resultado muito expressivo. Ficou entre os 16 melhores no Challenge International em Paris.

“Em comparação há quatro anos atrás, eu tinha objetivos e resultados menores. A cada ciclo, almejo resultados maiores. Na Esgrima, conta muito a experiência e o volume de treino que se tem. Em 2017, consegui entrar entre os 16 em Paris, joguei um Campeonato Mundial e passei em primeiro na poule, fiquei entre os oito no Campeonato Pan-Americano, realizando bons jogos, e fiz boas competições por equipes. Pegando o saldo dos treinamentos, resultados e ano como um todo, tenho certeza de que foi muito positivo, bem proveitoso, tive boas experiências e pude me preparar melhor para todas as provas. Cresci muito como atleta nesse ano”, conta.

No Campeonato Pan-Americano, Guilherme conquistou a medalha de prata na prova por equipes. Ele também foi prata no Torneio Satélite Trekanten International, disputado na Dinamarca em maio.

2018 será mais um grande passo para as Olimpíadas. O atleta foi convocado para disputar os Jogos Sul-Americanos em maio na Bolívia e deverá ter um calendário cheio de grandes competições, tal como ocorreu este ano.

Acompanhe a trajetória de Guilherme Toldo curtindo sua página oficial no Facebook.


  • 31 de dezembro de 2017